Que começo!

Após 3 meses de preparação, a Votuporanguense finalmente estreou na Copa Paulista. E que estreia…

O Cav goleou a equipe da Penapolense pelo placar de 5 a 0. Paulo Henrique, Bruno Baio (2 vezes), Mateus Destro e Léo Santos fizeram os gols da vitória Alvinegra. 

Com este resultado, a Pantera somou seus primeiros 3 pontos e foi para o primeiro lugar do grupo 1. 

A Votuporanguense volta a campo no dia 12 de agosto, um domingo, para enfrentar o Grêmio Novorizontino, no Estádio Dr. Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte. 

O jogo

Em uma tarde pra lá de inspirada, a Votuporanguense abriu o placar logo aos 15 minutos de jogo. Leo Aquino cobrou escanteio pelo lado direito do ataque, Bruno Baio cabeceou, o goleiro Douglas deu rebote e o zagueiro Paulo Henrique, atento dentro da área fez, Cav 1 a 0. 

Aos 34, Ricardinho, em uma belíssima cobrança de falta, chutou e a bola bateu no travessão. No rebote, Leo Santos cabeceou, mais a bola caprichosamente passou raspando a trave esquerda da Penapolense. 

Aos 38, Bruno Baio ampliou o placar. Depois de um cruzamento vindo da direita o centroavante cabeceou para baixo, a bola quicou e encobriu o goleiro do Cap, Cav 2 a 0. 

Aos 47, João Marcos em bela jogada bateu colocado e a bola passou raspando a trave adversária. 

Na segunda etapa, a Votuporanguense voltou com tudo e aos 3 minutos fez o terceiro. Leo Santos arrancou pelo meio de campo e tocou para Bruno Baio, que cortou bonito para o meio e chutou de direita no canto do goleiro; a bola ainda bateu na trave, Cav 3 a 0. 

Aos 18, Mateus Destro chutou prensado e a bola tocou na trave direita do goleiro Douglas. No lance seguinte, após cobrança de escanteio, Mateus raspou de cabeça para marcar o quarto da Pantera, Cav 4 a 0. 

Fechando o placar, aos 22 minutos, João Marcos, na ponta esquerda, chutou forte, a bola bateu na trave e sobrou para Leo Santos, que chutou de primeira para fazer o quinto gol da Votuporanguense e levar os mais de 600 torcedores ao delírio, Cav 5 a 0. 

Aos 33, Leo Aquino chutou forte, mas o goleiro da Penapolense fez boa defesa colocando a bola para escanteio. No restante da partida o Cav continuou pressionando e não sofreu perigo de gol.

Foto: Rafael Nascimento/CAV