FPF define a volta da Série A2

A Federação Paulista de Futebol e os Clubes do Campeonato Paulista Série A2 – 2020 realizaram novo Conselho Técnico, por meio de videoconferência, nesta terça-feira. Segue abaixo resumo da reunião:

– A Comissão Médica da FPF e os médicos dos 16 clubes participantes da competição se reuniram virtualmente nesta segunda-feira (13). No encontro, foi aprovado o Protocolo de Readaptação Física e de Retomada Gradual dos Treinamentos;
 
– Os clubes solicitaram que o Protocolo de Readaptação Física seja enviado ao Centro de Contingência do Coronavírus para que sejam autorizados os testes de Covid-19, exames médicos, testes clínicos, físicos e fisiológicos a partir do dia 20 de julho;
 

– Após a aprovação, também será encaminhado o Protocolo de Retomada Gradual dos Treinamentos, solicitando autorização para retorno dos treinos no dia 27 de julho;
 

– Em sequência, será enviado ao Centro de Contingência do Coronavírus o Protocolo de Operação de jogo. Por maioria, os clubes sugeriram que a competição seja retomada no dia 19 de agosto. A data de reinício dependerá de autorização do Governo do Estado;

– Os testes de Covid-19 a serem realizados antes do reinício dos treinos e da competição serão custeados pela FPF para todas as delegações dos clubes, limitadas a 38 pessoas por agremiação;
 

– Os exames de controle de dopagem dos jogos restantes da competição também serão pagos pela FPF;
 

– A Federação Paulista de Futebol irá custear o transporte e hospedagem dos clubes mandantes que não puderem atuar em suas sedes, se assim for solicitado pelas agremiações;
 

– O Regulamento Específico da Competição será mantido. Diante da paralisação do Campeonato por mais de três meses, se faz necessária apenas uma adequação nas datas de partidas, além de registro e inscrição de atletas. Quando houver definição sobre o retorno da competição, as novas datas serão divulgadas;
 

– Não serão cobradas dos clubes as taxas de inscrições dos novos atletas inscritos;
 

– Por unanimidade, os clubes solicitaram ao Departamento de Competicões da FPF a substituição de 5 jogadores por clube a cada jogo e a possibilidade de cada clube ter 11 atletas no banco de reservas. Por maioria, os clubes solicitaram zerar os cartões amarelos para o retorno da competição. Todos os pleitos serão encaminhados à Comissão Jurídica da FPF para análise.

fonte: Federação Paulista de Futebol