SÃO CAETANO

Sobre o Clube

HISTÓRIA

A cidade de São Caetano do Sul já havia tido bons representantes no futebol profissional antes da fundação da Associação Desportiva São Caetano, em 04 de dezembro de 1989. A equipe foi fundada com o nome de Sociedade Esportiva Recreativa União Jabaquara, clube de São Caetano que já havia disputado campeonatos amadores três anos antes -exigência da Federação Paulista de Futebol para os novos filiados-, mas assim que efetivou sua filiação alterou o nome para a denominação que é usada até hoje.

O time entrou em campo pela primeira vez em jogos oficiais no dia 18 de março de 1990, pela Terceira Divisão do Campeonato Paulista, equivalente ao quarto escalão à época, onde conquistou o acesso. Já em 1991 a equipe foi campeã estadual da divisão acima e, com o vice-campeonato do equivalente à Série A2 em 1992, estreou na elite já em 1993, em sua primeira grande ascensão no cenário estadual.

Em 1995, porém, o time está de volta ao equivalente à Série A3, mas inicia em 1998 uma escalada que o leva bem próximo ao topo do Brasil e da América do Sul. Campeão estadual, o clube fica com o vice-campeonato da Série C e obtém, ao mesmo tempo, o acesso à Série A2 paulista e à Série B nacional. A vida muda, de fato, em 2000.

Campeão da Série A2, garante o retorno à elite paulista no ano seguinte e, na disputa do Módulo Amarelo da Copa João Havelange (equivalente à Série B), surpreende o Brasil. Após o segundo lugar na fase de classificação, se qualifica para disputar o título nacional na fase de mata-mata e elimina Fluminense, Palmeiras e Grêmio até ser derrotado pelo Vasco na decisão pelo título. Líder da primeira fase da elite em 2001, passa por Bahia e Atlético Mineiro para decidir e ser derrotado pelo Atlético Paranaense para ficar com o histórico bi-vice-campeonato brasileiro.

Em sua segunda vez na Taça Libertadores da América, em 2002, a equipe do ABC Paulista também faz história no torneio. Líder de seu grupo na primeira fase, supera Universidad Católica-CHI, Peñarol-URU e América-MEX para ficar com mais um vice-campeonato ao ser derrotado pelo Olímpia do Paraguai, em pleno estádio do Pacaembu.

A sina de vice acaba no Campeonato Paulista. Em 2004, o Azulão elimina o Santos nas quartas de final e, em nova ‘final caipira’ na história do estadual, vence o Paulista de Jundiaí para ficar com seu primeiro título de primeira divisão. Três anos mais tarde, em 2007, esteve perto de repetir o feito. Após eliminar o São Paulo na semifinal, enfrentou o Santos e sofreu nos minutos finais o gol que deu o título ao time da Vila Belmiro.

A essa altura o clube já estava de volta à Série B e em 2014 fica fora do cenário nacional. Neste mesmo ano, após campanhas apenas regulares, volta a disputar a Série A2 do Campeonato Paulista, retornando à elite estadual com o título da Série A2 de 2017. Forte em seu retorno, vai às quartas de final, onde é eliminado pelo São Paulo, mas garante a classificação à Série D do Campeonato Brasileiro de 2019.